Ainda acredito?! Ainda insisto?!

Basta olhar no fundo dos meus olhos
Pra ver que já não sou como era antes
Tudo que eu preciso é de uma chance
De alguns instantes

Sinceramente ainda acredito
Em um destino forte e implacável
E tudo que nós temos pra viver
É muito mais do que sonhamos


Será que é difícil entender
Porque eu ainda insisto em nós (?!?)
Será que é difícil entender

Vem andar comigo...


*Qual meu limite? 09/12/2015

Nenhum comentário: